Com direção de David S. Goyer, o estúdio criador de "O Sexto Sentido" e o co-autor de "Batman Begins" nos trazem agora "O INVISÍVEL", um thriller sobrenatural sobre um escritor que se vê preso entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos, completamente invisível no primeiro.

Nick (JUSTIN CHATWIN) tem um futuro brilhante até que é brutalmente atacado, abandonado e dado como morto. Agora no limbo, sua única chance de sobreviver é descobrir o mistério do que aconteceu com ele e o motivo, antes que seja tarde demais. Mas como solucionar um mistério quando a vítima é você?

E assim começa a história do CD "TRAUMATIC SCENES", um CD baseado no filme "O INVISÍVEL", e que trás ao decorrer das 11 faixas a visão poética e dramática do filme citado. Não trata-se de uma narração da história em forma de versos, mas sim, uma obra da banda que discorre sobre os vários estágios da mente humana e parapsicológicos que estão implícitos no filme.

Durante o disco, são abordados temas como Furia, Raiva, Visões, Pesadelos, Amor, Ódio, Solidão, Memórias, Suicídio e também Esperança, e ao final o Triunfo do personagem sobre todos estes aspectos.

Cada tema é abordado em órdem cronológica do filme, e cada canção serve como perfeita trilha sonora sobre cada cena.



: Track List :

I - Marks of Time
II - Dark Journey
III - Rising from the ashes
IV - Fury and Rage
V - Visions from the other side
VI - Burning my Soul
VII - Memories
VIII - Nightmare
IX - Before the End
X - Iced Heart
XI - Traumatic Scenes
“Marks of Time” é um poema que elucida os temas principais da obra, e com uma narração hollywoodiana dá o clima inicial à obra ao que discorre pelas faixas seguintes.

Em "Dark Journey", música veloz e progressiva que abre o disco, o personagem que foi morto de forma injusta acaba de acordar, e sem saber ainda o que aconteceu, vaga pelas ruas, tenta contato com as pessoas, mas ninguém o vê, e o clima tenso e frenético desta sua busca fica bem clara nesta primeira musica do CD.

Seguindo com "Rising from the ashes", música bem veloz que remete ao primeiro trabalho do SupreMa, com belas melodias e corais, dá um ar épico ao momento do filme em que ele descobre o que realmente aconteceu, e vê as evidencias de seu "assassinato" se perderem no tempo e tenta alertar de todas as formas os autores do crime de que seu corpo jogado em uma vala ainda está vivo!

"Fury and Rage", música cadenciada e com riffs pesados e tensos, traz o clima ideal para o momento de fúria que a assassina tem neste momento do filme.

Em "Visions from the other side", o personagem narra sobre a vida após a morte, de como vê as coisas dentro de seu estágio de limbo. Canção progressiva que mistura um instrumental complexo ao refrão marcante.

Ao momento em que o personagem encontra-se com sua mãe, acaba acontecendo um contato agressivo com ela pelas vezes em que ele não pôde realizar seu sonho de ser escritor, e "Burning my soul", um thrash metal visceral regado de velocidade e agressividade, elucida todo o ódio do momento desta briga.

Na sequência, a balada "Memories" demonstra toda nostalgia do personagem ao relembrar de suas poesias, e também o seu desejo de voltar à vida.

"Nightmare", música progressiva e veloz fala sobre os pesadelos que a autora do crime tem ao se deitar na quadra da escola quando estava fugindo da polícia, e lá, dorme ao lado do espírito do assassinado que tenta atormenta-la o tempo todo.

Ao acordar, o personagem vai em busca da resolução do crime, e vai ao encontro de seu amigo que é uma das únicas pessoas que sabem onde está seu corpo. Vitima de bulling, foi forçado a participar do crime, e agora acaba de tomar remédios e cometer suicídio, e "Before the end" dá todo o clima psicodélico que leva ele a tal fato, e também o desespero do personagem por ver uma de suas únicas chances de voltar à vida se extinguir, ao som de um instrumental complexo e intrincado!

Com quase todas as chances esgotadas do personagem voltar à vida, e depois de muitas tormentas, a assassina percebe o erro que cometeu ao matar por engano uma pessoa inocente, e resolve correr contra o tempo para resgatar o corpo do personagem principal, e em "Iced Heart" ela demonstra que seu coração gelado é o único capaz de trazê-lo de volta à vida, e todo arrependimento e luta dela é feito ao som de mais uma trilha progressiva e pesada, com corais e o refrão, talvez mais belo do CD!

Após o personagem ser encontrado, resgatado e ter voltado à vida, o filme termina sem muitas explicações sobre o futuro daquele jovem. Mas, será que ele será uma pessoa normal após todos estes acontecimentos? Com certeza ficarão marcas, e visões em sua memória para o resto de sua vida.

"Traumatic Scenes" que dá o nome ao disco, faz citações de todas as faixas anteriores, e ao seu refrão mostra que após tantos fatos trágicos, todas estas cenas traumáticas o acompanharão, dando o desfecho e opinião pessoal do SupreMa para esta obra dramática e tão fantástica!

SUPREMA 2013








RESENHAS RECENTES

[BR] Hell Divine Magazine 9/10
[GR] Heavy Paradise 9/10
[AT] Metal Underground 4/5

[BR] Brasil Metal História
[BR] Imprensa do Rock 9/10
[BR] Consultoria do Rock
[USA] Sea of Tranquility 3,5 / 5

[IT] Rock Metal Essence 88/100
[AT] Stormbringer 4/5
[EUR] DangerDog 3,5/5

[BR] Arte Metal 8,5/10
[BR] Whiplash 9/10
[EUR] Metal Temple 9/10
[DK] Power of Metal 87/100
[ES] The Sentinel 3/5
[BR] Metal Samsara: 9/10


Produced

by Heitor Rangel, Pedro Nascimento & Douglas Jen



Mixed & Mastered

by Heitor Rangel
(Barulho Studio)

Keyboard Effetcs
“Marks o Time”, “Dark Journey”, “Rising From The Ashes”, “Visions From The Other Side”
by Douglas Jen

All acoustic guitar
by Douglas Jen

CD Cover and Art Work
by Douglas Jen

Line Up "Traumatic Scenes"
Pedro Nascimento - vocal
Douglas Jen - guitar
Gabriel Conti - bass
Helmut Quacken - drums

GUESTS

- Gisele Garof -
Lyrical and Female Voices on
“Dark Journey”, “Rising From The Ashes”, “Visions From The Other Side”, “Before The End”

- Fil -
Baritone Voices on
“Dark Journey”, “Rising From The Ashes”, “Before The End”

- Victor Prospero -
Gutural Voice on
“Visions From The Other Side”, “Burning My Soul”, “Traumatic Scenes”

- Guto Viegas -
Keyboard on “Marks of Time”, “Dark Journey”, “Visions From The Other Side”, “Burning my Soul”, “Memories”, “Before The End”




- Tarsis Marim -
Narration on “Marks of Time”




- Mayra Moura -

Actress on "Fury and Rage"
Playing "Serena"




- Lady Agatha Daae -
Actress on "Nightmare"